Depois que passar o período de aulas não presenciais por conta da pandemia de coronavírus, escolas e universidades devem fazer uma avaliação para verificar se atenderam o que era preciso ou não para o aprendizado. Essa é a posição do presidente do Conselho Estadual de Educação de Goiás (CEE-GO), Flávio Roberto de Castro. “Será verificado o que tem carência do conteúdo o...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários