Os problemas decorrentes da má-qualidade do transporte público na Grande Goiânia já começaram a afetar a produtividade das empresas e a economia de forma geral. Em algumas, o índice de atraso diário de funcionários chega a 40% e empresas até já mudaram o horário de entrada dos funcionários para o tempo gasto no deslocamento. Empregados chegam a ameaçar os patrões de exigirem na Justi...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários