O Procon de Rio Verde informou nesta terça-feira (26) que voltou a registrar reclamações no município “do golpe do colchão” magnético, vendido a preços exorbitantes. O produto, que promete auxiliar no tratamento de várias doenças, como artrite, artrose e doenças respiratórias, tem sido vendido por R$ 6 mil, mas, quando financiado, pode chegar a R$ 10 mil, que geralmente é...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários