Após pressão dos caminhoneiros, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, suspendeu a tabela de preços mínimos do frete rodoviário em decisão cautelar (provisória). Oficialmente, ele pediu deliberação da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), que foi favorável à decisão do ministro. O novo tabelamento revoltou os caminhoneiros, que ameçaram fazer novas p...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários