Este ano, sem as mesmas medidas de amparo às empresas e à economia, além da retomada do pagamento de dívidas que foram postergadas em 2020, a única alternativa para muitas empresas brasileiras em situação difícil pode ser um pedido de recuperação judicial. Mas o advogado Filipe Denki, presidente da Comissão de Recuperação de Empresas e Falências da OAB Goiás, alerta q...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários