A conclusão da Fase 1 do acordo entre Estados Unidos e China, prevista para o próximo dia 15, deve causar novo impacto sobre as exportações de soja por Goiás para o país asiático. Desde 2018, a guerra comercial entre os dois países tem se refletido no mercado da commodity, também afetado pela febre suína na China e pela valorização do dólar. Apesar dessas oscilações, as ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários