Dias antes da morte da vereadora ‘Roseli da Academia’, em Bom Jesus de Goiás, uma decisão da justiça negou o pedido do ex-marido e suspeito de ser mandante do crime, Vilmar Rodrigues da Rocha, para deixar de pagar a pensão alimentícia para a vítima. Na manhã desta quinta-feira (13), o empresário de 57 anos foi preso suspeito de mandar matar a ex-mulher Roseli Olivei...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários