A vacina contra o coronavírus da farmacêutica norte-americana Pfizer em parceria com o laboratório alemão BioNTech tornou-se a preferida dos países no combate à Covid-19. O motivo, segundo análise do Wall Street Journal, são: - a maior proteção fornecida; - alta eficácia da vacina contra a variante delta; - vantagem sobre demanda para as demais vacinas....

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários