Vacinação contra Covid-19 atinge até 85% em pequenas cidades de Goiás

Os dez municípios que mantêm os maiores índices de vacinação contra a Covid-19 em Goiás têm menos de 4 mil habitantes. Nestas cidades, o número de doses que falta para completar a imunização de toda a população é bem pequeno, mas os prefeitos explicam que estas cidades têm recebido menos de dez doses a cada remessa por conta da divisão porcentual entre as localidades. Mesmo assim, algumas delas já conseguiram vacinar quase 85% da população e já agendam aplicação do imunizante em pessoas a partir dos 18 anos, como é o caso de São João da Paraúna. 

Prefeito do município, Ubirajara Júnior, conhecido como Juninho (DEM), diz que a cidade é pequena e os moradores aderiram à campanha. Ele enfrenta, inclusive, cobrança de doses nas ruas. Ele conta que as pessoas questionam porque a cidade recebe seis, sete doses a cada semana. Ele acrescenta que explica, mas muitos ainda não se conformam. “Por isso estamos vindo a Goiânia com frequência para conversar com representantes da Secretaria Estadual de Saúde de Goiás (SES-GO) sobre a possibilidade de ampliar o envio de vacinas. Faltam menos de 200 doses para que todos tomem a dose 1 (D1) no local.

Morte por intervenção policial cresce 18% durante um ano em Goiás

Goiás registrou um aumento de 18% no total de mortes em decorrência de intervenções policiais em 2020, na comparação com o ano anterior. Foram 631 pessoas que morreram em ações das forças de segurança estaduais contra 533 em 2019. Em números absolutos, Goiás passou de quinto para o quarto Estado com mais registros de mortes neste tipo de ocorrência, ficando atrás apenas do Rio de Janeiro (1.245), Bahia (1.137) e São Paulo (814). 

Os números constam no Anuário Brasileiro da Segurança Pública, divulgado nesta quinta-feira (15) pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. O anuário é o único canal pelo qual a Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSP-GO) torna público estes dados, já que ela não divulga em seu site nem para a imprensa registros sobre mortes em ações policiais e nem comenta sobre o assunto em entrevistas.

Obras do BRT na Praça Cívica mudam trânsito do Centro de Goiânia

As intervenções para a obra do BRT Norte-Sul no anel interno da Praça Cívica vão alterar a lógica do Centro da capital. Sete ruas terão o sentido invertido e outros cinco pontos sofrerão alterações em relação ao fluxo de veículos. As mudanças feitas pela Secretaria Municipal de Mobilidade (SMM) ocorrem junto com o início da obra de pavimentação do BRT Norte-Sul no local, que terá início no próximo sábado (24) e deve terminar em meados de outubro, visto que terá duração de 75 dias. Ela será feita pela Secretaria de Infraestrutura (Seinfra). 

Depois que a obra for finalizada, veículos de pequeno porte não poderão mais circular pelo anel interno da praça. Em relação às alterações promovidas em outras vias como, por exemplo, o sentido da Rua 94, a SMM informou que a equipe de engenharia da mobilidade ainda discute a questão para saber se as intervenções serão mantidas ou não.

Fique informado ao longo do dia acessando nosso portal: www.opopular.com.br 

Siga O Popular:
Instagram: https://www.instagram.com/jornal_opopular/ 
Twitter: https://twitter.com/jornal_opopular 
Youtube: https://www.youtube.com/c/JornalOPopularGO 
Facebook: https://www.facebook.com/opopular/