A vacinação de profissionais da Educação contra o coronavírus (Sars-CoV-2) em Goiás deve ocorrer em ordem decrescente de idade e inicialmente, apenas para os trabalhadores que atuam no ensino básico das redes pública e privada. É o que afirma Fátima Gavioli, titular da Secretaria de Estado de Educação de Goiás (Seduc), que espera que as aulas presenciais no Estado volte...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários