A Universidade de Brasília (UnB) cassou os diplomas de dois alunos e expulsou outros 15 por suspeita de fraudes em cotas raciais. Além deles, outros oito, que já estavam afastados das atividades acadêmicas, perderam seus créditos.Segundo comunicado da universidade, a investigação dos casos teve início em novembro de 2017 após cerca de cem alunos serem denunciados como ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários