Caso o corte de recursos previsto para 2019 se concretize, 93 mil mestrandos, doutorandos e pós-doutorandos e 105 mil bolsistas de programas de formação de professores de todo o País estarão com o benefício ameaçado a partir de agosto próximo. Pró-Reitor de Pós-Graduação e Pesquisa da Universidade Federal de Goiás (UFG), Laerte Guimarães Ferreira destaca que programas d...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários