Os três jovens que eram acusados de matar o estudante de administração Gabriel Caldeira de Sousa em 2016, aos 19 anos, na saída de um bar no Setor Marista, foram julgados e condenados nesta quinta-feira (22). O júri foi presidido pelo juiz Lourival Machado da Costa, da 2ª Vara de Crimes Dolosos contra a Vida de Goiânia. Murillo Eduardo Conceição dos Santos, de 24 ...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários