No final de maio de 2017, comerciantes e moradores da região da Avenida 4ª Radial, no Setor Pedro Ludovico, região Sul de Goiânia, começaram a ver máquinas e trabalhadores no canteiro central da via entre o Terminal Isidória e a rotatória da Avenida São Paulo para a construção do BRT Norte-Sul. Mas 44 dias depois, no dia 13 de julho, equipamentos e operários saíram do espaç...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários