O sistema de transporte coletivo urbano da região metropolitana de Goiânia deve receber do governo federal entre R$ 66 milhões e R$ 106 milhões até o fim deste ano, em razão das perdas econômicas que ocorreram pela pandemia do coronavírus (Sars-CoV-2). A decisão ainda depende de aprovação do projeto de lei pelo Senado e posterior sanção do presidente Jair Bolsonaro (sem ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários