Na cidade de Goiás foi exonerado na tarde desta quinta-feira (29) do cargo de diretor do Centro de Memória e Cultura do Poder Judiciário do Estado de Goiás, o museólogo Washington Fernando de Souza. A decisão do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Carlos Alberto França, foi tomada depois que o servidor, que é comissionado, utilizou papel timbrado do local o...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários