Até o dia 1º de agosto deste ano, 29,2% das gestantes que foram infectadas com coronavírus Sars-Cov-2 em Goiás precisaram ser hospitalizadas. A taxa é quatro vezes maior do que a da população em geral que, até a mesma data, teve apenas 6,6% dos casos confirmados internados. No Estado, apenas uma unidade de saúde, o Hospital das Clínicas (HC), da Universidade Federal d...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários