Suspeito de abuso sexual contra ao menos 15 mulheres em Belo Horizonte, o tatuador Leandro Caldeira Alves Pereira, de 44 anos, havia sido intimado a depor por três vezes pela Polícia Civil antes de ter sua prisão decretada no dia 22 de março. Leandro foi preso no domingo, 31, em Lagoa Santa, na região metropolitana. Segundo as autoridades, o tatuador estava escondido n...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários