Um homem foi preso por cultivar skunk, um tipo de maconha geneticamente modificada para ter alta concentração de tetrahidrocanabinol (THC), em Goiânia. Segundo a Polícia Militar, ele vendia a droga pelas redes sociais, e cultivava cerca de 30 pés maconha em uma estufa, que ficava em uma residência fachada no setor Nova Esperança. A PM informou que 29 pés de skunk ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários