Agentes da Polícia Civil (PC) de Luziânia cumpriram um mandado de prisão preventiva contra Mariana Eduardo de Sousa, 22 anos. Ela é suspeita pela morte de um homem no setor Mignone II. A vítima foi assassinada a facadas em 2016. Depois, Mariana e alguns comparsas jogaram o corpo em um buraco e atearam fogo. Os demais envolvidos no crime continuam foragidos. A mulh...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários