O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) manteve a suspensão do contrato para a construção de um hospital em Alto Horizonte, após suspeitas de irregularidades no contrato firmado entre a prefeitura e duas construtoras para execução das obras mediante dispensa de licitação. O presidente do STJ, Humberto Martins, negou o pedido feito pelo município, e ressaltou que apesar d...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários