A empresa Metrobus afirma que muitos dos casos de atropelamento no Eixo Anhanguera acontecem pela imprudência dos pedestres, enquanto outros são apontados como fatalidades. Todavia, reforça que os condutores dos ônibus passam por treinamentos e cursos de reciclagem. Entre os pontos mais críticos, a empresa aponta a região de Campinas, do Centro (nas ruas 7,20 e Praça do...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários