O desembargador Luiz Eduardo de Souza, do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO), analisa recurso do governo do Estado contra sentença que mandou nomear o cadastro de reserva da extinta Agência Goiana de Administração e Negócios Públicos (Aganp). Pela decisão, 2 mil pessoas devem ser empossadas. Não existe previsão de quando ele concluirá o relatório, para colocar em...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários