Após 62 dias de paralisação os servidores da Justiça em Goiás voltaram a trabalhar nesta terça-feira (22). O fim da greve acontece a menos de um mês do recesso do judiciário goiano, previsto para 20 de dezembro e que deve durar até 6 de janeiro. Apesar do atraso gerado nos processos, não foi montado nenhum esquema especial para agilizar o trabalho. Segundo o juiz...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários