Uma técnica em enfermagem que atua no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), em Goiânia, denunciou nas redes sociais que teve peças de seu veículo furtadas enquanto trabalhava no Centro de Atenção Integrada à Saúde (Cais) Campinas, na capital, na manhã desta quarta-feira (23). O caso não teria sido o primeiro a ocorrer no local, o que levou Gislaine Cândido d...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários