A Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) informa que a situação das áreas de proteção permanente (APPs) da região metropolitana de Goiânia será divulgada a partir de bancos de dados próprios entre 30 e 60 dias. “Atualmente, não existe um levantamento específico pronto sobre a condição das APPs”, diz a superintendente de Unidades de ...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários