O Ministério Público de Goiás (MP-GO) denunciou seis agentes penitenciários e um detento por estuprar mulheres presas na cadeia de Goianésia, no Centro do Estado. A partir de uma denúncia anônima, o MP-GO começou a investigar o caso, onde seis agentes penitenciários forneciam regalias a algumas mulheres presas, como maços de cigarro e banhos de sol mais prolongados. E...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários