O Secretário de Obras e Infraestrutura de Anápolis foi indiciado pela polícia por homicídio culposo pela morte da professora Thalyta dos Santos, de 20 anos. A jovem pilotava uma motocicleta quando caiu em um buraco e em seguida foi atropelada por um carro. O delegado entendeu que se não tivesse qualquer tipo de defeito no asfalto a jovem não teria morrido. O caso...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários