A Saneamento de Goiás S/A (Saneago) adotou medidas para garantir que os sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário tenham continuidade em meio ao enfrentamento da pandemia do novo coronavírus no Estado. De acordo com a companhia, durante o período de 15 dias de quarentena, previsto por decreto estadual, serão mantidos os serviços essenciais e não haverá corte de água para clientes inadimplentes.

Também está prevista a criação de um programa de renegociação de débitos, cujos critérios ainda estão em definição. A empresa informou que adotou a flexibilização do horário de trabalho de seus funcionários, o sistema de revezamento e o teletrabalho para atividades que possam ser feitas de forma remota.

O atendimento ao cliente deverá ocorrer apenas de forma não presencial por telefone (0800 645 0115), pelo site www.saneago.com.br, pelo aplicativo para smartphones. Para os três canais, o atendimento ocorre durante as 24 horas. Pelas redes sociais, o atendimento é das 7h30 às 17h30.

Segundo a companhia, estão mantidos os seguintes serviços:

Religação de água por corte indevido;

Fornecimento de água caminhão pipa;

Religação de água;

Parcelamento/financiamento de faturas;

Ordem de serviço de religação;

Reclamação sobre falta de água;

Reclamação sobre a qualidade água;

Reparo cavalete;

Vazamento de água;

Troca de registro de corte;

Desobstrução de esgoto;

Reposição de tampão do PV;

Instalação de Hidrômetro;

Reativação da ligação de água;

Ações emergenciais;

Retirada de entulho;

Tapa buraco.