No primeiro semestre de 2019, a rede estadual de Saúde de Goiás registrou 43 mil atendimentos e 3 mil cirurgias a mais que no mesmo período de 2018. Com redução de mais de R$ 3 milhões mensais na renovação dos contratos com as organizações sociais (OSs), a Secretaria de Estado de Saúde conseguiu aumentar os números de cirurgias, internações e atendimentos ambulatoriais. O...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários