A Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seinfra) iniciou, nesta terça-feira (10), a retirada da rotatória localizada no cruzamento da Rua 61 com a Avenida E, no Jardim Goiás, em Goiânia. No local, agentes da Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMT) ficarão responsáveis pela orientação aos motoristas que trafegam pela região.

O objetivo é instalar um semáforo antecedendo a construção do complexo viário da Avenida Jamel Cecílio, que está agendada para a próxima sexta-feira (13). De acordo com a Seinfra, as obras terão duração de dois dias e o semáforo instalado será de três tempos, um deles para os pedestres.

A SMT afirmou que não vai alterar o tráfego de veículos no local durante a retirada da rotatória. Ainda assim, a previsão é de que o trânsito fique mais lento e o pedido é que motoristas evitem trafegar por lá até o dia 13.

Além do semáforo, será implantada mão única na Rua 61, entre as ruas 56 e 52 e instalado um segundo cruzamento semaforizado na Avenida E com 59.

 

Mais mudanças

Outras modificações também foram solicitadas pela SMT como o alargamento da Rua 1018, entre a Alameda Leopoldo de Bulhões e a Rua 1015, que de 8 metros passará a ter 12, e a construção do acesso da Marginal Botafogo à Rua PL-04, no Setor Pedro Ludovico.

Todas essas obras estão sendo feitas para receber o fluxo de carros enquanto o complexo viário da Jamel Cecílio é construído. O secretário municipal de Infraestrutura, Dolzonan Mattos, explica que ainda podem haver outras alterações. “Pode acontecer, mas tudo vai ser avisado com antecedência para a população”, diz.

Dolzonan afirmou ainda que todas as alterações que foram e serão feitas tratam de benefícios permanentes. “Elas não somente paliativos. Tudo foi estudado e está servindo também para melhorar problemas que já existiam nesse locais”, enfatiza o secretário.

 

Duas obras ao mesmo tempo

Desde o dia 2 deste mês, quem passa pelo cruzamento da Marginal Botafogo e a Avenida Deputado Jamel Cecílio percebe mudanças na paisagem e na dinâmica do trânsito. Nesta data começou o prolongamento da via expressa. O trecho que está sendo modificado tem 1,5 quilômetros, começa no cruzamento com a Avenida Leopoldo de Bulhões e vai a Avenida 2ª Radial. A previsão de entrega é para abril de 2020, ao custo de R$ 13 milhões para os cofres públicos. 

Já a partir da sexta-feira (13), acontecerá o lançamento da construção do viaduto do Complexo Viário Jamel Cecílio. O titular da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seinfra), Dolzonan Mattos, diz que logo em seguida o local já passará a sofrer alterações no trânsito. “No dia 14 a Jamel Cecílio já deverá estar toda bloqueada para a passagem e as obras terão início”, ressalta o secretário. Anteriormente, a data informada pela Seinfra para o lançamento e início das obras era no dia 12 de setembro. No projeto, o complexo terá três níveis: a Avenida Deputado Jamel Cecílio irá passar por um elevado e a marginal seguirá por uma trincheira na parte inferior e uma rotatória será construída na altura da Leopoldo de Bulhões. A previsão de entrega é para novembro de 2020 e custará cerca de R$ 26 milhões.(Colaborou Mariana Carneiro, estagiária do GJC em convênio com a UFG