A previsão de retorno das aulas presenciais em Goiás foi adiada de agosto para setembro. O adiamento foi deliberado em reunião do Centro de Operações de Emergências (COE) estadual de combate ao novo coronavírus, na tarde desta quarta-feira (22) e se deve ao atual cenário epidemiológico do Estado, com aumento de infectados e mortes. O posicionamento do COE deve ser se...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários