O Complexo Regulador de Goiânia, gerenciado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), diz que continuou enviando pacientes ao Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) porque não teria sido avisado oficialmente pela Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO)da aplicação do plano de contingenciamento, que deveria ter sido adotado a partir do dia 26 de setembro. A única coisa q...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários