No início de junho, mais de 40% das mortes pelo novo coronavírus em Goiás estavam concentradas na Região de Saúde Central, mais populosa, onde está Goiânia. No entanto, com o avanço da pandemia, a proporção de óbitos por regional começou a ser mais distribuída. O maior aumento desta fatia de vidas perdidas foi na Região Sudoeste I, cuja sede é Rio Verde. Entre o dia 31 ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários