A chamada segunda onda da Covid-19 já alcançou os Estado Unidos, diversos países europeus, como a França, Portugal e Alemanha, e Estados brasileiros, como São Paulo. Em Goiás, apesar de as autoridades da Saúde ainda não vislumbrarem nenhum indicativo e especialistas acreditarem que, se vier, ela será menor, a possibilidade existe. Para enfrentar um possível aumento na curv...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários