Mesmo após um ano e três meses sem a fiscalização eletrônica nas rodovias federais em Goiás sob jurisdição do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), a volta dos radares e lombadas segue sem previsão. Sem contratos emergenciais, o lote da licitação do Dnit para a instalação de 236 equipamentos em Goiás e Distrito Federal (DF) está suspenso por de...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários