Quase 70 mil pessoas buscaram projetos em Goiás para reconhecimento de paternidade, nos últimos sete anos. Somente na Corregedoria-Geral da Justiça de Goiás (CGJ-GO), pelo programa Pai Presente, 48.188 foram atendidas, entre 2012 e 2019. Desse total, 15.147 filhos conseguiram acordo de reconhecimento paterno espontâneo. No Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários