As promotoras de Justiça Simone Sibilio e Letícia Emile decidiram deixar a investigação sobre o mandante do homicídio da vereadora Marielle Franco (PSOL) e seu motorista Anderson Gomes.As duas atuavam no caso desde outubro de 2018, quando foi adotada a linha de investigação que culminou na prisão dos dois acusados pelos assassinatos. A dupla formava a força-tarefa ins...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários