O projeto que prevê o desarmamento da Polícia Militar (PM) em Goiás, apresentado pelo deputado estadual Major Araújo (PRB), causou repercussão negativa entre deputados, especialistas e no comando da própria corporação. Protocolado na mesa diretora da Assembleia em 23 de fevereiro, a matéria prevê a proibição do uso de armas de fogo em todo o contigente da PM.Diferentemente do que ...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários