O corpo do professor e coordenador pedagógico Bruno Pires de Oliveira, de 41 anos, morto na tarde da última sexta-feira (30) em uma escola estadual de Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal, será velado a partir das 15h deste sábado (31). Segundo a família, que publicou as informações em um perfil do educador em uma rede social, as homenagens serão prestadas no Cemitério Campo da Esperança, em Taguatinga (DF), na Capela 1. O sepultamento ocorrerá no mesmo local e está previsto para às 17h.

O profissional morreu após ser esfaqueado no Colégio Estadual Machado de Assis, em Águas Lindas de Goiás. O crime ocorreu no fim da manhã e, segundo a Polícia Civil, que investiga o caso, a suspeita é de que um aluno de 18 anos seja o autor. Após o assassinato, ele teria fugido e está foragido.
Bruno, que também era professor de Geografia, chegou a ser levado para uma unidade de saúde, mas não resistiu aos ferimentos. 

Segundo informações preliminares, estudante teria ficado descontente com medidas tomadas pelo educador, que não teria permitido que ele participasse de algumas atividades escolares.