A morte de um menino de 9 anos, com suspeita de meningite em Goiânia no último sábado (9), em um hospital privado, ativou o alerta para a doença e aumentou, entre 150% e 400%, dependendo do tipo, a vacinação em clínicas particulares da cidade desde então. As informações foram repassadas por estabelecimentos procurados pela reportagem. Na rede pública, que engloba fór...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários