Quase três meses após o início dos casos de Covid-19 em Goiás, a busca por um tratamento eficaz ou preventivo para a doença segue na população, que muitas vezes prefere adquirir e tomar medicamentos sem comprovação científica. A desinformação ou as informações contraditórias podem levar a um surto de doentes crônicos em razão da automedicação, alertam especialistas. ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários