Superintendência de Proteção aos Direitos do Consumidor (Procon Goiás) decidiu instaurar um processo administrativo contra a concessionária Enel Distribuição S/A devido à “duas semanas consecutivas de oscilação de energia elétrica e de poucas ações efetivas no combate”. O órgão pretende reunir em uma ação coletiva todas as reclamações registradas. Para mensur...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários