A Justiça do Rio revogou nesta quinta (6) a prisão preventiva de Alexandre Motta de Souza, amigo do sargento reformado da Polícia Militar Ronnie Lessa, denunciado como um dos autores da morte de Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, crime ocorrido no bairro do Estácio, no dia 14 de março do ano passado.   Durante operação realizada dois d...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários