A Justiça do Rio revogou nesta quinta (6) a prisão preventiva de Alexandre Motta de Souza, amigo do sargento reformado da Polícia Militar Ronnie Lessa, denunciado como um dos autores da morte de Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, crime ocorrido no bairro do Estácio, no dia 14 de março do ano passado.   Durante operação realizada dois d...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários