A Prefeitura de Aparecida de Goiânia questionou nesta segunda-feira (11) se a Organização Social (OS) Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar (IBGH) pretende continuar cumprindo contrato vigente com o município para a gestão do Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia (HMAP). A dúvida surgiu após a OS anunciar o rompimento com o governo de Goiás nos contratos para os hospitais estaduais de Jaraguá, Pirenópolis e Santa Helena de Goiás. Somados, os três contratos...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários