A proposta do governo estadual em dividir os custos da ajuda às empresas de transporte coletivo com as prefeituras da região metropolitana de Goiânia de acordo com a composição do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Goiânia (Codemetro) não foi aceita pelo Paço Municipal. A administração da capital entende que não há condições financeiras e nem mesmo jur...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários