Depois que os moradores de uma residência foram autuados por seis vezes para retirada de lixo, a Prefeitura de Goiânia conseguiu, na Justiça, o direito de remover o material acumulado há 8 anos. A casa, localizada no setor Pedro Ludovico, na capital, era ponto de acúmulo de recicláveis e além de ser propício para proliferação do mosquito Aedes aegypti, atraia animais e...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários