Começou neste sábado (9) a pesquisa da Prefeitura de Goiânia para saber como o vírus está circulando nos mais diversos bairros da Capital. Com a cidade mapeada, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) espera poder tomar medidas importantes no combate ao avanço da infecção. A intenção é poder sugerir medidas mais acertadas e específicas, como isolamento mais rígido ou mais ameno, além de direcionar ações de combate aos novo coronavírus.

A pesquisa que vai identificar a contaminação das pessoas pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) será realizada em quatro etapas. Em cada uma delas serão testadas 5,6 mil pessoas, sendo 800 por distrito sanitário, totalizando 22,4 mil. A pasta informou que quer repetir essa testagem a cada 15 dias. O inquérito será feito por sorteio de bairro e quadra. Os endereços das pessoas que serão testadas estão sendo sorteados com base no mapa digital do município de Goiânia. 

A SMS informou que, de posse do endereço, as equipes formadas por um técnico em saúde e um agente de endemias, abordará o morador e verá se ele tem interesse em participar do inquérito. Importante lembrar que todos estarão devidamente identificados e usando Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Um total de 1,2 mil profissionais vão trabalhar na testagem, sendo servidores da saúde e acadêmicos da UFG.

Teste Rápido
O teste rápido é feito com uma pequena amostra de sangue e o resultado sai em 15 minutos. Ele não detecta especificamente o novo coronavíorus, mas os anticorpos produzidos após a infecção, ele aponta se a pessoa testada teve ou não Covid-19