Desde os primeiros meses de vida, as mães de crianças que nasceram com microcefalia relatam o enfrentamento do preconceito. Em alguns casos, por total falta de informação sobre o que vem a ser a condição cerebral dos recém-nascidos, mas em outros por pura discriminação. A rotina vivenciada, no dia a dia, até mesmo entre os familiares, exige um esforço dos pais não só...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários