Três dias após o prazo divulgado pelo secretário municipal de Saúde, Fernando Machado, para que o serviço de raios X nas unidades municipais de saúde voltassem à normalidade, apenas cinco das doze unidades que possuem equipamento ofereciam o serviço na tarde de ontem. A situação piorou, já que no Cais de Campinas, que estava nas lista das unidades que ofereciam o ser...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários